O serviço de streaming de vídeos Netflix anunciou para 2017 a estreia de uma nova série, baseada na Operação Lava Jato. O objetivo é “mostrar detalhes sobre o maior esquema de corrupção no Brasil”

 

José Padilha, diretor do filme “Tropa de Elite” e da série “Narcos“, ambos protagonizados pelo ator Wagner Moura, é quem vai criar e dirigir a nova série. A produção está em busca de grandes nomes para interpretarem os papeis dos políticos envolvidos na operação, e isso enlouqueceu a internet.

 

Após o anúncio da nova série, pessoas em todas as redes sociais – principalmente o Twitter – começaram a especular quem seriam os atores escolhidos. Talvez pela já existente afinidade entre Padilha e Wagner Moura, a principal especulação é a de que o ator tenha sido sondado para interpretar Aécio Neves. José de Abreu foi “ungido” pela internet para atuar como o ex-presidente Lula, já que é petista declarado. O galã Rodrigo Lombardi foi o escolhido para interpretar o juiz Sergio Moro, talvez por ter interpretado com maestria um vilão na novela Verdades Secretas. 

 

O impeachment de Dilma Rousseff terá destaque na série, e para interpretar o papel da presidente, a internet escolheu a atriz veterana Vera Holtz, provavelmente pela semelhança física. Tão importante quanto este papel é o do “japonês da federal”, que a internet escolheu, seguindo a brincadeira, como o ator Carlos Takeshi.

Só resta aguardar a estreia da polêmica série, que será gravada ainda este ano, para descobrir se alguma das especulações feitas nas redes sociais estará correta. 

Imagem inline 1

O ator Wagner Moura está sendo cotado para interpretar Aécio Neves.

Por: Tatiana Cohen

Anúncios