O canal britânico E4, pertencente a rede do Channel 4 é conhecido mundialmente pelas series e programas que misturam humor negro, drama e comédia, para os fãs do gênero dramédia, o canal é um prato cheio. O canal criado em 1982, relativamente jovem, no país da BBC o canal apresenta sua grade voltada sobretudo para o publico jovem;Enquanto seu grande rival mantém um publico fixo com series já consagradas e de uma sobriedade tipicamente britânica tal como Sherlock e Doctor Who, ou ainda a mais tradicional Downtown Abbey transmitida pela ITV. É justamente inovando e apresentando muitas vezes  situações irreais e consideradas improprias é que as series do canal conquistam cada vez mais fãs, uma delas é Misfits.

O ponto de partida da série é um grupo de jovens delinquentes que são condenados a prestar serviço comunitário e ganham super-poderes durante uma tempestade.  Lendo a sinopse da série, algo como Heroes me veio a cabeça mas Misfits foge totalmente desse contexto até porque as personagens não tem a menor intenção de torna-se heróis, ao contrario: Todos querem usar seus recém adquiridos poderem em beneficio próprio.São assumidamente anti-heróis e isso é que dá o tom da série

São cinco personagens principais, Alishia, é a garota bonita arrogante que atraia a atençao de todos os rapazes(  Já no primeiro episódio, onde a personagem encena sexo oral com uma garrafa d’ agua), Kelly  que é uma garota-problema,suburbana é ridicularizada pela maneira como se fala( se você é um daqueles que amam o inglês britânico por ser limpo puro e claro, eu te desafio a tentar entender todas as falas de Kelly nos episódios) Curtis, um ex atleta frustrado por ter tido a carreira interrompida após ser pego no exame anti-dopping, Simmon é introvertido e sofre bullying  e por ultimo Nathan, debochado e irônico é o principal responsável pelas tiradas da serie:

Os poderes adquiridos não são nos apresentados  ao publico imediatamente, cada um dos jovem vai descobrindo seus poderes, geralmente através de situações,um fato interessante é que determinadas drogas( e assim como a maioria das series do E4, Misfits não tem o menor problema em exibir o consumo de drogas pelos jovens britânicos) são a criptonita deles, causando o efeito oposto, além disso ao longo dos episódios as personagens descobrem que varias pessoas na cidade também desenvolveram super poderes, e caberá a eles encontrar aliados e lutar contra vilões, que vão desde fanáticos religiosos passando por macacos e nazistas em situações surreais.Mas além do humor negro, as personagens lidam o tempo todo com questões pertinente a juventude ( com uma dose de é claro) como rejeição,sexo, depressão e violência.

Enfim, um dos fatores interessantes é que os super poderes veem pra humanizar mais as personagens, Alishia a garota egoísta, Kelly  que era excluída desenvolve uma relação de amizade improvável com Nathan e o ultimo, sempre irônico e debochado, cria um laço afetivo com a família após descobrir seu poder, um fato curioso é que Nathan só vem descobrir seu poder no ultimo episódio da primeira temporada, o que rende situações extremamente engraçadas devido a frustração do personagem quanto aos poderes recém adquiridos dos seus amigos.Alias se você gosta de series com elenco fixo,e um grupo de amigos unidos e carinhosos a lá How I Met your Mother, nem comece. O elenco começa a variar já na 3ªtemporada o que causa sim um declínio na qualidade da série mas ela ainda consegue se sustentar bem até sua 4ª temporada.

Pra quem gosta do gênero dramédia, eu indicaria a trilogia Misfits, Skins e Shameless, pra aqueles que como eu gostam dessa mistura, Misfits encerrou sua 5ª e ultima temporada em 2014, recentemente um remake norte-americano foi confirmado para 2017, adaptação será produzida pelo canal Freeform,  o remake de skins produzido pela MTV americana em 20 foi rechaçado por quase todos os fãs da serie, não passando da primeira temporada. Esperamos que o mesmo não aconteça com a adaptação de Misfits, independente disso, vale dar uma conferida na versão original, que acredito eu como fã que dificilmente será superada e  inclusive discute-se o risco de ter o mesmo destino que o remake da MTV americana de skins, cancelado na primeira temporada e rechaçado pelos fãs da serie original.

As temporadas são curtinhas, e geralmente cada episódio é focado em um personagem especifico.Se em Homem Aranha nos é dito que com grandes poderes vem grandes responsabilidades, em Misfits a lição aprendida é que poderes medianos desencadeiam reações inimagináveis e uma boa dose de risadas também.

Por: Maria Lúcia Meira

 

Anúncios