Por Débora Diettrich

Foto: Reprodução

Se você é fã de Gilmore Girls e de Everwood, pode se preparar para ter uma nova série queridinha. Hart of dixie é aquela típica produção sem muito mistério ou ação, mas ainda sim encantadora. Da mesma criadora da (muito) bem sucedida série Gossip Gir, Hart of Dixie estreou em 2011 pelo canal CW. Desde então, conquista um público fiel e cada vez mais apaixonado por Zoe e companhia.

A história gira em torno da médica nova-iorquina Zoe Hart, interpretada pela Rachel Bilson (a eterna Summer de The O.C.). A jovem perde uma promoção em um importante hospital de Manhattan e vê seu noivo trocá-la por sua melhor amiga. Dra. Hart então se lembra de um convite que recebeu quando terminou a faculdade. Um homem chamado Harley Wilkes ofereceu a ela um emprego em uma clínica numa cidadezinha no sul dos EUA. Desde então, esse senhor mandou para ela diversos cartões postais, tentando convencê-la a aceitar. Sem muita opção, Zoe larga a “vida perfeita” em NYC e parte para Bluebell, Alabama. No entanto, ao chegar à cidade, descobre que o conhecido que Harley Wilkes morreu, deixando de herança para ela parte da clínica. Zoe decide se estabelecer no local e enfrentar os novos desafios.

Já na terceira temporada, Hart of Dixie sabe desenvolver os personagens. Ao longo da história, todos os principais e alguns figurantes passam por diversas mudanças, cometem erros, descobrem mais sobre si e promovem modificações na história. Os personagens não são lineares, eles evoluem e são cativantes. Cada reviravolta que o personagem sofre é uma nova guinada que a série toma.

Foto: Reprodução

Outra característica de Hart of Dixie é explorar a cultura sulista dos Estados Unidos. A série mostra as tradições, as festas e o estilo de vida dos habitantes de uma cidade pequena. Em um primeiro momento, os costumes te fazem estranhar a série assim como assustaram Zoe Hart. Mas com o passar dos episódios, você descobre que é justamente esse estranhamento que te faz ficar apaixonado.

Anúncios