Por Natasha Dias

Foto: Reprodução

Nesta terça-feira, 19 de novembro, acionistas da Nokia devem aprovar a venda do seu negócio de telefonia móvel para a Microsoft. As expectativas são de que os benefícios financeiros do negócio possam superar a resistência de uma minoria de investidores contrários à venda.

Depois de não conseguir se recuperar de uma entrada tardia no mercado de smartphones, em setembro deste ano a Nokia concordou em vender seu negócio de dispositivos e serviços e em licenciar suas patentes para a Microsoft por € 5,44 bilhões.

A venda deverá ser concluída no primeiro trimestre de 2014. Após as aprovações regulatórias, o caixa líquido da empresa deve aumentar para quase € 8 bilhões, da cerca de € 2 bilhões no terceiro trimestre.

Com a venda, a Nokia terá mais de 90% da receita baseada nas vendas de equipamentos de telecomunicações da unidade Nokia Services e Networks (NSN), e incluirá também um negócio de softwares de navegação e patentes.

Anúncios