Por Karina Lopes

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O CCBB recebe até janeiro, a exposição “Obsessão Infinita”, da artista Yayoi Kusama.  São apresentadas cerca de 100 obras, que contam a trajetória da artista conhecida como “a princesa das bolinhas”, produzidas entre os anos de 1950 e 2012. Nascida no Japão, Yayoi sofre de alucinações desde a infância e afirma que sua condição mental é a plataforma do seu trabalho artístico. Nos anos 60, a artista mudou-se para Nova York, onde fez parte da vanguarda artística da cidade ao lado de nomes como Andy Warhol.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Kusama também é conhecida pelo mundo da moda, devido à sua parceria com a grife Louis Vuitton e com o estilista Marc Jacobs. Suas criações vão de sapatos a óculos escuros e são mundialmente desejadas.  Há apenas dois anos circulando, a mostra com o panorama da obra de Yayoi chega pela primeira vez ao continente sul-americano e tem levado milhares de pessoas aos museus. As primeiras exibições ocorreram no museu Reina Sofia, na Espanha, e no centro Pompidou, em Paris.

Fotos: Reprodução
Foto: Reprodução

Fazem parte da exposição, além de obras consagradas do inicio da carreira, trabalhos recentes, que mostram a vivacidade da artista no auge dos seus 80 anos. Além de experimentar sensações visuais ímpares, o público também pode interagir com as obras expostas.  Os visitantes recebem uma cartela com adesivos de bolinhas para colar na instalação intitulada: “Sala da obliteração”, originalmente toda em branco.  A exposição inclui pinturas, esculturas, vídeos e, principalmente, instalações. Entre os maiores destaques da retrospectiva, está a obra  “O campo de falos”, uma de suas primeiras criações e que consiste numa instalação, dentro de uma sala espelhada, preenchida com falos de bolinhas vermelhas, onde é possível andar entre o “campo”. Yayoi Kusama é atualmente uma das mais importantes artistas do movimento Pop Art. “Obsessão infinita” apresenta trabalhos excepcionais, que valem a pena conferir.

 

Anúncios