Por Nathália Larghi

Veja uma breve análise dos primeiros jogos dos times brasileiros nas oitavas de final da Copa Sul-Americana

Muricy é grande, mas não é dois, e São Paulo só empata com a Universidad Católica. Bahia perde para o Nacional de Medellín em sua volta ao cenário internacional.  O Sport é derrotado para o Libertad, assim como o Coxa é derrotado pelo Itaguí e os dois brasileiros se complicam no torneio. Com casa cheia, a Ponte Preta corresponde e vence o Deportivo Pasto.

Universidad Católica x São Paulo – O jogo aconteceu na última quinta-feira (26 de setembro), em Santiago, e terminou com um empate em 1 a 1. O ex-santista Paulo Henrique Ganso comandou o as jogadas ofensivas do São Paulo, que abriu o placar aos 17 minutos do primeiro tempo, com Luis Fabiano, após tabelar com o “ex-menino da Vila”. Está certo que Muricy Ramalho deu uma nova cara ao São Paulo, que passou a jogar com mais velocidade e a cometer menos erros amadores. Porém, como diz o ditado, Muricy é grande, mas não é dois, e o São Paulo acabou tomando o gol de empate aos 40 minutos da primeira etapa, com Nicolás Castillo. Álvarez foi até a linha de fundo e atrasou para a área, a zaga do Tricolor bobeou e a bola sobrou para Castillo completar. Os dois times voltam a se enfrentar no dia 23 de outubro, no qual decidirão com quem fica a vaga. Pelo menos, o Tricolor marcou fora de casa e terá tempo de consertar os pequenos erros. Veja os melhores momentos.

Nacional de Medellín x Bahia – A partida que marcou a volta do Bahia aos torneios internacionais aconteceu na última quinta-feira (26 de setembro), na Colômbia. Apesar da euforia do time baiano, os brasileiros acabaram derrotados por 1 a 0, e pior: com um gol contra de Diones (veja aqui). O treinador Cristóvão Borges havia poupado alguns jogadores, mas o time respondeu bem às modificações e não teve medo de partir para o ataque na casa do adversário. Tanto que, o único gol da partida, que aconteceu aos 11 minutos do primeiro tempo, foi marcado após uma bobeada da defesa baiana. A zaga não acompanhou o avanço do lateral Nájera, pela direita, e quando o volante Diones foi tentar desviar o cruzamento do rival, acabou empurrando para dentro do gol. O próximo jogo das duas equipes, que finalmente decidirá quem avança para as quartas de final, acontecerá no dia 24 de outubro.

Libertad x Sport – A partida aconteceu na última quarta-feira (25 de setembro), em Luque, e não terminou nada bem para os brasileiros. O Sport foi derrotado por 2 a 0, em uma partida que evidenciou as fraquezas do Leão. O primeiro gol dos paraguaios aconteceu aos 10 minutos do primeiro tempo, depois de um vacilo da zaga do Sport. O atacante Recalde arricou um chute da entrada da área e o goleiro Magrão defendeu, mas deixou o rebote, que Gustavo Gómez aproveitou com categoria. Aos 38 minutos do segundo tempo, Pedro Benítez ampliou para o Libertad. Claudio Vargas cobrou escanteio e Benítez subiu no segundo andar para cabecear. Agora, o Sport vem pra casa com a desvantagem de dois gols, mas poderá reverter o revés no dia 23 de outubro. Confira os melhores momentos da partida.

Ponte Preta x Deportivo Pasto – A torcida da Ponte Preta lotou o Moisés Lucarelli na última quarta-feira (25 de setembro) para ver a equipe enfrentar o Deportivo Pasto. E os jogadores não fizeram feio. A Macaca correspondeu vencendo o Deportivo Pasto por 2 a 0. Veja os gols aqui. O primeiro gol saiu aos 30 minutos do primeiro tempo, com Uendel. Fellipe Bastos cobrou falta e o goleiro Álvarez rebateu mal, deixando a sobre nos pés de Undel, que bateu firme e abriu o placar. Apesar do domínio, a Ponte só conseguiu ampliar no último minuto dos acréscimos do segundo tempo, com Fellipe Bastos, em cobrança de falta. As duas equipes voltam a se enfrentar no dia 23 de outubro.

Coritiba x Itagui – Na última terça-feira (24 de setembro), o Itaguí surpreendeu o Coritiba em pleno Couto Pereira e derrotou o Coxa por 1 a 0. Após um primeiro tempo de marcação acirrada, os visitantes já começaram a segunda etapa marcando o gol. Mena aproveitou a bobeada de Chico, dominou a bola e tocou na saída do goleirão. Agora, o Coxa tem a difícil missão de se recuperar na Colômbia, no dia 24 de outubro. Confira os melhores momentos.

Anúncios