Por Juliana Caldeira

rockA edição do Rock In Rio em 2013 foi marcada, principalmente, pela interatividade. Com um público variado, quem estava na Cidade do Rock pôde curtir muitas novidades tecnológicas. Fotos e vídeos poderiam ser divulgados para fora do evento de forma instantânea e os stands que ofereciam esse serviço estavam sempre lotados.

Uma das febres no local foi o stand da rede de telefonia Oi. Diversas máquinas foram espalhadas pelo espaço, de 150 mil metros quadrados, e após um rápido cadastro, as pessoas ganhavam uma pulseira com um chip e poderiam sair tirando fotos, que eram postadas em suas redes sociais. Além disso, quem se perdia do seu grupo de amigos, logo poderia ser localizado. Com a mesma pulseira, bastava um clique e logo sua foto aparecia em diversas máquinas da Cidade do Rock, mostrando sua localização e o horário em que você esteve no ponto de encontro.

Além disso, o jornal Folha de São Paulo apresentou uma novidade: a tecnologia Gigapan, que une diversas fotos em alta resolução e forma uma imagem gigante. A Folha utilizou a Gigapan nos dias 20, 21 e 22 de setembro. Através desse recurso, é possível ampliar várias vezes a foto e identificar pessoas no meio da multidão.

Grande patrocinador do evento, o Itaú surpreendeu o público com uma série de ações que privilegiaram o uso da tecnologia para gerar uma experiência diferenciada, oferecendo uma enorme interatividade durante o festival. Localizado próximo ao Palco Mundo, o stand da empresa apresentou um enorme elevador com capacidade para seis pessoas, com vista panorâmica da Cidade do Rock. Lá, eram tiradas fotos que iam direto para o Facebook ou e-mail da pessoa. A grande novidade ficou por conta do estúdio montado para que o público se sentisse como as estrelas que passavam pelo palco principal. Foi montada uma estrutura virtual, que simulava o público aplaudindo a banda, que poderia ter três componentes: um vocalista, um guitarrista e um baterista. Como tudo na Cidade do Rock, o vídeo logo era compartilhado on-line.

Outra surpresa dessa edição do Rock In Rio foi criada pela Coca-Cola: depois do sucesso das campanhas com nomes e destinos, a marca traz música e tecnologia para as suas embalagens.  Um aplicativo inédito, disponível para Android e iOS, contemplando sete estilos musicais diferentes (Metal, MPB, Rock, Pop, Clássicos, Eletrônico e Hip Hop), foi criado tendo como ponto de partida o maior festival de música e entretenimento do mundo. Através do  “Coca-Cola Zero Música”, é possível, além de ouvir as músicas, criar playlists personalizadas de acordo com cada estilo musical e compartilhar nas redes sociais. Para acessá-las pela internet, basta inserir o código promocional presente nas embalagens diretamente no site da marca.

O Rock in Rio aconteceu entre os dias 13 e 22 de setembro, e levou cerca de 500 mil pessoas ao festival.

Anúncios